Dog Murras junta artistas para construção de escolas em Angola

17-10-2019

O primeiro desafio dos artistas que fazem parte desta acção filantrópica é o de conseguir recursos financeiros para a construção da Escola Comunitária Esperança do Saber, de Cacuaco, respeitando o espaço actual da mesma

Fernando Guelengue

Depois de uma visita ao local para entrega de donativos, fruto de um convite do responsável da referida instituição escolar, o empreendedor e músico da Acção Jovem, Dog Murras, decidiu envolver outros artistas para o desafio de encontrar recursos para a construção de uma escola de raiz, no bairro Mayombe Belo, em Cacuaco.

Falando em exclusivo ao Marimba Selutu, o presidente honorário da Acção Jovem referiu que para solucionar o problema poderão actuar em duas frentes. “Primeiro, vamos mobilizar artistas e pessoas públicas para denunciar publicamente a situação de precariedade e de vulnerabilidade da população na área da educação. E o segundo movimento é a mobilização de recursos [financeiros], junto de empresas e pessoas singulares, para a construção da estrutura física da escola”, frisou músico e activista social, acrescentando que depois dos dois primeiros passos, terão a terceira linha de acção, que será a de capacitar os gestores dos projectos na área de gestão financeira.

Questionado como tomou conhecimento da situação da escola, Dog Murras disse que tudo só foi possível graças ao contacto do responsável da Escola Comunitária Esperança do Saber. “Contactou-me por intermédio de terceiros (rede de relacionamentos), enviando-me um convite e eu levei comigo o MC K, o Gansta e os colaboradores do Grupo Acção Jovem. Postos lá, fomos tocados pela triste realidade”, sustentou o músico, esclarecendo que o projecto vai fazer uma busca de recursos junto do Executivo, empresas e particulares.

Estas acções, disse o artista, originou a criação de uma conta bancária específica para o projecto. “Pretendemos em seguida encabeçar movimentos iguais em outras escolas, daqui de Luanda capital e nas demais províncias de Angola”, explicou, acrescentando que todo o ser humano é dotado de um conjunto de potencialidades que desabrocham mediante estímulos sociais, sendo a educação formal um modelo especial de estímulo social.

Um exemplo claro destas acções, segundo o promotor destas campanhas, é o músico Phathar Mak, que sensibilizou-se com a causa ao ouvir os apelos públicos e decidiu fazer um show e ofertar todo o recurso obtido com a venda dos ingressos para a construção da escola.

Entre os artistas que já se juntaram á causa constam, Dog Murras, MC K, Gansta, Beto Max, Walter Ananaz, Negro Bué, Presilha, Phather Mak, o jornalista Miguel Neto, e as empresas MalMad, Puro Gostinho, Valtours e LinkArt IV Grupo.

Acção Jovem é uma organização que actua no campo da juventude, com ênfase nas áreas de Educação, Trabalho e Cultura, com a finalidade de implantar, em parceria com o governo, organizações internacionais, empresas privadas e particulares, um conjunto de acções que visem ampliar as oportunidades de desenvolvimento do jovem angolano.




Contactos

Entre em contacto conosco

  • contacto@accaojovemangola.com
  • +244 926 225 050
  • +244 933 374 343
  • +55 85 98138 1003

  • Siga-nos
Área reservada
Copyright © 2019 - Acção Jovem Angola | 7303 Visitantes